sexta-feira, 23 de setembro de 2011

[RESENHA] Muito barulho por nada de William Shakespeare - Semana Shakespeareana



Muito barulho por nada traz a história de um casal (Beatriz e Benedicto) inteligente, muito bem articulado, espirituoso, com rapidez de raciocínio, que não dão chances ao amor e nem dão o braço a torcer. Porém, um lado trágico na história traz, um homem vingativo que, por cobiça ao amor de uma virgem (Hero) acaba por levantar falso contra sua conduta moral, tida como inadequada para a época, e, no dia do seu casamento, ocasiona uma grande fatalidade envolvendo morte e sofrimento.

Eu, particularmente, não consegui rir em nenhum momento da leitura, apesar da obra ser considerada "uma comédia de Shakespeare". Existem, sim, algumas falas irônicas, principalmente de Benedicto, mas nada que venha a classificar o livro uma comédia, uma vez que os assuntos morte, mentira, traição, vingança e cobiça são permeados o tempo todo. Há um grande lado trágico em toda a peça que não deve ser esquecido, pelo contrário, é o que a caracteriza enquanto uma obra Shakespeareana.Fiquei muito identificado com o personagem de Benedicto: não acredita no amor, finge que nunca ficará apaixonado e, quando conhece Beatriz, encontra sua parceira ideal, mas ainda assim não se deixa levar pelo sentimento.

A leitura flui rapidamente. Em comparação aos dramas e romances do autor, este texto é mais leve e de melhor entendimento. As falas longas ocorrem com menos frequência e os personagens são facilmente caracterizados.

Com este livro, encerra-se a Semana Shakespereana do blog. Espero ter mostrado um pouco do univero deste que é, sem dúvida, o maior gênio da literatura mundial. Prometo fazer um post especial contando a história de vida e morte de William Shakespeare. Infelizmente não vai dá para fazer um vídeo comentando todas as obras resenhadas, em virtude de estarmos às vésperas da Bienal do Livro de Pernambuco, mas prometo repetir essa semana durante as comemorações do nascimento e falecimento de Shakespeare em abril do ano que vem.

Muito obrigado a todos que leram e comentaram!

10 comentários:

  1. Ola!!!
    Eu tinha esquecido desta obra de Shakespeare, nem me lembrava da sinopse!!rsrsrs mas enfim eu gostei da sua resenha e fiquei com vontade de ler, apesar que concordo com vc que com estes elementos da obra não dá pra ri!!!
    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  2. oi. Esta semana criei um blog sobre romances. Escrevo os meus e também divulgo e faço resenhas de outros livros, em especial romances, mas o blog é sobre livros, pois amo ler. Se puder visitar será ótimo. Tenho um romance em aberto no blog e dois no PerSe. Meus Romances
    http://mromances.blogspot.com
    Gostei muito de seu blog, busco parceria e se tiver interesse, aguardo sua visita.

    ResponderExcluir
  3. não conhecia essa obra de Shakespeare, fiquei mto curiosa a respeito dela.

    ResponderExcluir
  4. Nossa esse livro me pareceu bem pesado no que diz respeito ao emocional e como vc falou nada me fez pensar que era uma comédia =/ mas como sempre parabéns pela resenha =)

    ResponderExcluir
  5. depois de tantos livros pesados, um livro leve cairia muito bem. realmente não me parece uma comédia, mas talvez tenha sido uma questão de senso de humor de quem avaliou assim quem sabe,rs resenha ficou top :)

    ResponderExcluir
  6. Essa capa sempre seguindo o estilo clássico de Shakespeare!

    ResponderExcluir
  7. fechou a Semana Shakespereana com chave de ouro! Muito bom!

    ResponderExcluir
  8. Muito interessante , Parabéns pela ótima resenha.

    ResponderExcluir